• Artur Semedo / Revista Publiracing e-mail:

Avaliação: O Citroën C4 Lounge se atualizou para brigar com o trio da frente


Não é novidade para ninguém que o Citroën C4 Lounge é uma das melhores propostas do segmento de sedãs médios no Brasil. Por tantos contatos anteriores com o modelo, e também com os seus principais oponentes, fica até difícil entender a razão das vendas do sedã francês nunca terem disparado no Brasil, já que argumentos não lhe faltam.

Como explicação para este posicionamento do mercado consumidor, acreditamos que o ainda inexplicavelmente temido pós venda da marca (preço de peças e revisões), e valor de revenda do modelo. Por isso mesmo, e ainda antes de iniciar a descrição ao teste que realizamos com o novo C4 Lounge, é importante referir esta falsa percepção para ambos os argumentos citados.

A Citroën foi uma das primeiras marcas a disponibilizar por aqui a revisão a preço fixo, com isso quem compra um veículo da marca sabe antecipadamente quanto vai pagar nas visitas periódicas de seu veiculo na oficina. Com este fator vencido, e uma qualidade do produto inquestionável, a tendência é que também o valor de revenda se posicione de forma muito mais de acordo com a qualidade do produto.

Mas vamos lá, hora de olhar com atenção o novo C4 Lounge. Sem dúvida que o destaque fica por conta da nova frente. Elegante e moderna ela transmite o necessário toque de mudança ao modelo, mas em nossa opinião, se distancia de certos traços que a Citroën aplica em seus veículos, e que muito nos agradam.

Como marca registrada nas versões mais equipadas da marca, como é o caso da nossa, a Shine, o cromado é aplicado de forma muito elegante em diversos pontos do C4. No para-choques dianteiro, nos frisos dos vidros laterais, e entre as lanternas traseiras, que apresentam novos desenhos internos e guia de luz. Os faróis são full led, com função follow me, e os de neblina incorporando a função cornering light. Os retrovisores externos são da cor da carroceria e elétricos, se integrando de forma bem delicada na carroceria do C4 Lounge.

Outro destaque, são as novas rodas de liga 17", diamantadas na nossa versão Shine, utilizando pneus 225/45 R17.

Com 4621 mm de comprimento, 1789 mm de largura, 1505 mm de altura e 2710 mm de entre-eixos o novo C4 Lounge mantém intactas as características do modelo, como sobriedade e elegância.

A entrada no interior do sedã médio francês é feita sem utilização da chave, com abertura e travamento das portas pelo sistema "mãos livres" (keyless). De imediato o amplo espaço fica evidente, não só para condutor e passageiro, como para os ocupantes da segunda fileira, onde três pessoas viajam sem problemas. Ainda no banco traseiro, e se o apoio de braço com porta-copos estiver aberto ao centro, viajam dois adultos de altura generosa, ficando evidente que sobra espaço, tanto nos joelhos (em relação aos bancos da frente), como lateralmente, e ainda entre a cabeça e o teto, referências de um interior muito bem aproveitado e espaçoso.

A versão Shine é também muito bem equipada, e vem com os itens indispensáveis para um bom sedã médio.

O ar condicionado é automático digital, bi-zone, controlado pela central multimídia e ainda com saídas de ar traseiras. Vidros elétricos dianteiros e traseiros com dispositivos "um toque", tomada 12V dianteira e traseira, porta-luvas climatizado, limpador do para-brisa automático com detector de chuva e indexado à velocidade, acendimento automático dos faróis, e ainda sem esquecer o indispensável teto solar elétrico.

Já em relação ao sistema de áudio e multimídia, uma ótima atualização, com funcionalidades e grafismo que nos remetem a outros bons produtos do grupo PSA, ela é touchscreen de 7" com espelhamento de celular e os já referidos comandos do ar-condicionado, com bluetooth e entrada auxiliar USB, espelhamento Apple CarPlay e Android Auto, sistema de navegação e mostrando as imagens da câmera de ré.

Em relação ao acabamento, é notório o cuidado em entregar um produto sólido, com peças emborrachadas, bem integradas, e numa cabine onde entram poucos ruídos externos.

Tanto o volante como os bancos têm revestimento em couro, e entre os dianteiros existe ainda o apoio de braço com porta-objetos. Os apoios de cabeça dianteiros têm regulagem de altura e inclinação e os traseiros apenas em altura. Já que falamos de bancos, no sedã francês não podia faltar o sistema de fixação ISOFIX e top tether para cadeiras de crianças nos bancos traseiros.

Ainda antes de darmos partida ao motor, operação realizada através do botão de acionamento (start/stop), referência para o novo painel de instrumentos digital em LCD, que mostra as informações de forma simples e dinâmica, e o generoso espaço disponibilizado no porta-malas, 450 Litros de volume o que completa o ótimo pacote interno do Citroën C4 Lounge.


Já devidamente instalados e preparando o inicio de nosso contato dinâmico com o carro francês fabricado na Argentina, destaque para a segurança. Nesta versão Shine, são 6 air bags: frontal condutor, passageiro, lateral dianteiros e cortina, acionamento das luzes de emergência em caso de frenagem brusca, e ainda ESP (controle dinâmico de estabilidade) e ASR (antipatinagem). Também disponível para todas as versões do C4 Lounge o sistema Hill assist, para controle de saída em aclives.

O motor é o conhecido THP Flex que entrega 173 cavalos quando abastecido com etanol ou 166 CV se o combustível escolhido for a gasolina. Ele é um 4 cilindros de 16V com 1598 cm³, de injeção eletrônica multiponto com turbo de alta pressão e intercooler. O coração do Citroën C4 Lounge é de reconhecida qualidade, utilizado em diversos produtos da marca, e de sua parceira Peugeot, e que casa na perfeição com este modelo.

Como todo o motor que utiliza tecnologia turbo, o torque máximo de 240 Nm é disponibilizado bem cedo, no C4 nas iniciais 1400 rpm, e para ambos os combustíveis. Para trabalhar em conjunto com o excelente motor, nosso veículo de tração dianteira vem com um câmbio automático de 6 marchas com modo ECO, esportivo e com possibilidade de troca manual da marchas de forma sequencial.

O sedã da marca francesa mantem as ótimas características da anterior versão, equilibrado, ele é suave na absorção das irregularidades, sem perder a eficiência em alta velocidade.

Como todo o carro francês de um modo geral, e muito particularmente na Citroën, o conforto é privilegiado no conceito geral do carro, por isso não surpreende que o conjunto de suspensão do tipo pseudo macpherson independente na frente, e travessa deformável atrás, trabalhando em conjunto com molas helicoidais, amortecedores hidráulicos telescópicos e barra estabilizadora na frente e atrás, entregue um ajuste tão interessante para os diversos tipos e qualidade de piso no Brasil, equilíbrio nem sempre fácil, convenhamos.

A sensação é de estabilidade e segurança em todas as situações. O C4 Lounge é também um sedã de manobras rápidas e precisas, e a direção eletro-hidráulica é leve e precisa no dia a dia da cidade, sem deixar de “ganhar” a necessária rigidez quando aceleramos nosso Citroën em velocidades maiores.

Outra ótima referência do sedã médio francês são os freios, de disco nas quatro rodas, sendo que os da frente são ventilados, ele é muito estável nas freadas mais exigentes, e nossa simulação em diversos tipos de cenário, nos levou a ficar com uma impressão muito boa do conjunto que incorpora o sistema ABS com REF (repartidor eletrônico de frenagem) e AFU (auxílio à frenagem de urgência).

Passando agora para a eficiência nos dois cenários habitualmente interpretados, e com o tanque de 60 litros abastecido com gasolina ao longo de todo o nosso teste, o C4 de 1390 kg de peso se mostrou muito equilibrado no consumo, com médias de 10,1 km/l na cidade e 12,9 km/l em estrada, o que acabou por representar mais um ponto favorável para a nova atualização do modelo francês.

Resumindo, o Citroën C4 é um ótimo sedã médio, uma das melhores propostas atualmente disponíveis no mercado brasileiro, e merece bem um olhar atento por parte do eventual comprador. Esta nova versão, apresenta todas as qualidades que já eram reconhecidas ao modelo, adicionando um toque de modernidade na estética, no painel de instrumentos e na central multimídia, principalmente. Seu valor de comercialização o deixa em pé de igualdade com a concorrência, apresentando o preço sugerido de R$ 94 990,00 na versão Feel e R$ 103 890,00 na versão avaliada por nós, a Shine.

Avaliação em números

Citroën C4 Lounge

Design 6

Espaço e Conforto 8

Freios 8

Conectividade e Tecnologia 7

Acabamento 8

Motor / Consumo 7

Transmissão 7

Suspensão 8

Direção 8

Segurança e Auxílios 7

Total 74

#CITROËN #CITROENC4LOUNGE #TESTEAVALIAÇÃO #OPINIÃO