• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

AEA anuncia vencedores do XII Prêmio de Meio Ambiente


A AEA - Associação de Engenharia Automotiva realizou ontem o XII Prêmio AEA de Meio Ambiente (em paralelo à cerimônia de homenagens às entidades, órgãos governamentais, montadoras e sistemistas que contribuíram com os 15 anos da tecnologia flex no Brasil), com a participação de cerca de 180 convidados, no Milenium Centro de Convenções, em São Paulo. Nesta edição do Prêmio AEA, 69 trabalhos foram inscritos nas quatro categorias: Jornalística, Responsabilidade Ambiental, Responsabilidade Social e Tecnologia. Os trabalhos foram analisados por uma banca de jurados, liderada por Alfredo Castelli, coordenador do evento.

Na Categoria Jornalística, a grande vencedora foi a reportagem intitulada “RenovaBio é versão do Rota 2030 para a produção do etanol”, de autoria de Gustavo Henrique Ruffo, que fez matéria para a site Motor1. As menções honrosas ficaram para os trabalhos “Lamborghini mostra o conceito elétrico Terzo Millennio em parceria com o MIT”, também de Gustavo Henrique Ruffo para a KBB – Kelley Blue Book Brasil, e “O futuro está por um fio”, de Hairton Ponciano Voz, do Jornal do Carro.

O título de melhor trabalho da Categoria Responsabilidade Ambiental foi para “Sistema de gerenciamento de resíduos sólidos em pátio de veículos salvados”, dos autores Alex Roque, Camila de Alvarenga, Davinil dos Reis e Emerson da Silva, do Cesvi Brasil. Ainda na categoria, levaram as menções honrosas os trabalhos “A casa verde”, de Anaelse Olveira, Marilene Kulcheski, Marli Bonatti e Thais Ortiz, da Volvo do Brasil, e “Programa Carbono Neutro”, dos autores Amanda Leite e Cristiano Felix, da FCA.

Graziela Araujo Pontes, da Renault do Brasil, com o paper “Casa da Costura”, foi a grande vencedora na Categoria Responsabilidade Social. As menções honrosas desta categoria ficaram para “Educação que transforma: o impacto da educação ambiental na formação profissional de jovens”, de Hervelly Ferreira, Juliana Teixeira e Theophilo Arruda, da Robert Bosch, e “Eco Ginc Facens”, de autoria de Lourranny de Souza, Raquel Barbosa, Suliane Silva e Vivian de Brito, da Facens – Faculdade de Engenharia, Tecnologia e Arquitetura de Sorocaba.

E, finalmente na Categoria Tecnologia, os vencedores foram Argel Franceschini, Daniel Ribeiro, Fabricio Kawakami, Matheus Silva, Rodrigo Chaves, Rodrigo Lopes e Rogerio Dias, da MAN Latin America, com o trabalho “e-Delivery, o primeiro caminhão elétrico Volkswagen. Do Brasil para o mundo”. Uma das menções honrosas ficou para o “Aplicação da técnica de superfície aquecida em motores de combustão espontânea com utilização de etanol”, dos autores Clayton Zabeu, Erick Audickas, Fabio Gabriel, Rafael de Carvalho, Renato Romio e Vinicius Moreal, do Instituto Mauá de Tecnologia. A outra foi entregue para Erwin Franieck, Paulo Gomes e Vitor Correia, da Robert Bosch, com o trabalho intitulado “Flex fuel smart selector, uma contribuição do indivíduo para uma mobilidade sustentável”.

Na cerimônia de homenagens, a AEA - Associação Brasileira de Engenharia Automotiva destacou entidades, órgãos governamentais, montadoras e sistemistas que contribuíram com os 15 anos da tecnologia flex no Brasil.

Foram homenageadas a ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, Audi, BMW, CAOA, Cetesb, Continental, Delphi, FCA, Ford, General Motors, HPE, Hyundai, Ibama, Kia Motors, Magneti Marelli, Mercedes-Benz, Ministério das Minas e Energia, Honda, Nissan, Petrobras, Peugeot Citroën, Renault, Robert Bosch, Toyota, Unica - União da Indústria de Cana de Açúcar e Volkswagen do Brasil.

#AEA

Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !