• Redação / Revista Publiracing

Na fábrica de Hordain o Groupe PSA cria uma quarta equipe de produção para suprir a forte demanda


O Groupe PSA decidiu criar uma quarta equipe de produção e recrutar cerca de 600 colaboradores em sua fábrica de Hordain até maio de 2018. A ação se deve à forte demanda pela Peugeot Expert e Citroën Jumpy, bem como pela Peugeot Traveler e Citroën Spacetourer, veículos produzidos no local desde meados de maio de 2016.

Para formar esta nova equipe, a fábrica de Hordain recrutará colaboradores para a maior parte dos cargos de manufatura, incluindo trabalhadores de produção, operadores de empilhadeira, técnicos de manutenção, especialistas em automação e supervisores de sistemas de produção. A maioria das posições são temporárias, de até 18 meses.

Além da quarta equipe, a fábrica também confirmou seu turno noturno, que havia sido criado por um período provisório de seis meses no final de setembro de 2016 para apoiar o lançamento comercial de novos modelos produzidos no local. O turno noturno havia sido inicialmente prolongado por um ano em março de 2017.

Por ocasião deste anúncio, Patrice Le Guyader, Diretor da Divisão de Manufatura do Norte da França, declarou: "A performance alcançada por esses veículos na Europa nos motivou a ajustar e a apoiar a dinâmica comercial, criando uma nova equipe de produção. Esta é uma ótima notícia para todos, e a recompensa pelo trabalho em equipe rigoroso, ininterrupto e altamente orientado ao cliente que tem sido demonstrado na fábrica”.

Esses sucessos comerciais contribuem para o dinamismo sustentado do negócio de veículos utilitários do Grupo, cujas ambições são consolidar sua atual liderança na Europa e triplicar as vendas fora desta região até 2021.

Esses veículos fazem parte da “Core Model Strategy” do Grupo, lançada em 2016 juntamente com o plano “Push to Pass”, e que foi impulsionada pelo lançamento de veículos globais projetados para atender às expectativas dos clientes. Fora da Europa, a Peugeot Expert e o Citroën Jumpy também são produzidos na América Latina desde outubro de 2017, e o serão na Rússia a partir do primeiro trimestre de 2018.

#PSA