• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Desistência da Lufthansa acelera o fim da Niki


A companhia low cost Niki, que integra o grupo Air Berlin, cessou na semana passada as operações após a Lufthansa ter desistido da compra que vinha sendo avaliada pelo grupo alemão.

Fundada em 2003 pelo ex-campeão do mundo de Fórmula 1 Niki Lauda, a companhia austríaca operava uma frota de 21 aviões e empregava mil trabalhadores. As suas operações concentravam-se nos destinos turísticos da Europa do Sul, casos de Portugal, Espanha e Grécia.

A decisão da Lufthansa de não avançar com a compra da Niki resulta, segundo a companhia, dos entraves colocados pela Comissão Europeia, em nome da defesa da concorrência, tendo Bruxelas sinalizado que não aceitaria a integração da Niki na Eurowings.

Em Outubro passado, a Lufthansa chegou a acordo para ficar com 81 aviões e cerca de 3 000 trabalhadores da Air Berlim, e pretendia comprar também a Niki e a Luftfahrtgesellschaft Walter. Mas nem a cedência de um número indeterminado de slots terá convencido a Comissão Europeia a viabilizar o negócio da Niki, pelo que a aposta se concentra agora na Luftfahrtgesellschaft Walter.

Para a Niki, o futuro será a falência ou a venda a outros operadores.

#AVIAÇÃO

Laja Revista Publiracing