• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Eric Granado anunciou que volta ao Moto2 em 2018 e pode conquistar título europeu este fim de semana


O Brasil está de volta ao Campeonato Mundial de Motovelocidade com o piloto paulista Eric Granado, de 21 anos. Ele vai disputar, simultaneamente, em 2018, a categoria Moto2, que é realizada no mesmo final de semana das corridas do MotoGP, e o Superbike Brasil. Granado terá o patrocínio da Honda.

O anúncio oficial foi feito esta semana por Alexandre Cury, diretor comercial da Honda Brasil, durante entrevista coletiva no Salão Duas Rodas, no São Paulo Expo, na capital paulista.

A temporada 2018 será extensa para Eric Granado, que vai participar de 19 etapas do Mundial na Europa, Ásia, Oceania e Américas, e mais oito corridas no Brasil nos autódromos de Interlagos, Goiânia, Londrina e Curitiba. “Mas todo esse esforço vai valer a pena”, garante o jovem paulista.

No evento com dezenas de jornalistas, Eric comentou sobre os objetivos no Mundial de Motovelocidade. “A vontade é sempre de vencer e estar em primeiro. Isso vai depender muito da pré-temporada e de como vou me adaptar. Pretendo, no primeiro momento, estar sempre na zona de pontuação. Algo a mais do que isso será um bônus. Se tiver oportunidade de vencer, vou aproveitar. Mas vou com o pé no chão”, completou o brasileiro, que atendeu pedido de foto da garotada que disputa da Honda Júnior Cup, categoria escola para formação de novos pilotos.

Pole Position na decisão do Campeonato Europeu

O piloto Eric Granado fez um ótimo trabalho junto com a equipe Promoracing neste sábado, em Valência (ESP), e garantiu a pole na última etapa da Moto2 do Campeonato Europeu de Motovelocidade. Um passo importante para ficar com o título inédito para o Brasil na competição. Ele lidera com 201 pontos. A corrida é neste domingo, às 9h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo canal oficial da FIM CEV Repsol no Youtube.

Granado, piloto oficial Honda Racing, cravou 1min35s398 para largar na frente. O segundo melhor tempo do dia foi do espanhol Héctor Garzo, com 1min35s997. Ele é o quarto colocado no campeonato. Adversário do brasileiro na disputa pelo título, o vice-líder Ricky Cardús (Espanha) fez a terceira volta mais rápida dos treinos classificatórios, ao estabelecer 1min36s046.

O paulista tem 16 pontos à frente de Cardús na competição. Se o rival vencer a prova, Granado pode chegar até em 6.º lugar para comemorar o título europeu.

“Desde sexta-feira (nos treinos livres) conseguimos ótimo ‘setup’ com a moto, desde a primeira volta. Fui rápido e constante, num ritmo muito bom. Consegui (no classificatório deste sábado) um tempo muito rápido, meu melhor nesse circuito. Um trabalho muito bom, com a moto bastante equilibrada. Perfeita! Acho que nunca tivemos um balanço tão bom como agora”, avaliou o piloto brasileiro.

A estratégia é largar bem e fazer corrida consciente. “Fazer meu ritmo e terminar a prova na posição que me permita ser campeão. Estamos bem preparados para sermos competitivos”, completou o atleta de 21 anos.

No início da próxima semana Eric vem ao Brasil novamente para disputar a final do Superbike em Interlagos, dia 26 de novembro, com Alex Barros. Os dois correm com uma Honda CBR 1000RR Fireblade.

Eric tem apoio da Honda Brasil

Alexandre Cury destacou o apoio da Honda Brasil a Eric Granado no Mundial e no Superbike. “A Honda sempre fomentou e continuará apoiando o esporte, independentemente de qualquer cenário que a gente passe. Vivenciamos muitas dificuldades nos últimos anos no País, mas a Honda sempre teve uma visão para frente, positiva. Sabemos da nossa responsabilidade para formar pilotos e manter o esporte vivo. Nos esforçamos cada vez mais para promover o esporte a motor e o motociclismo”, afirmou o executivo da Honda.

Brasil de volta ao Mundial com Eric Granado

Eric Granado voltará a disputar o calendário do Mundial depois de três anos. Estreou na Moto2 em 2012, com 16 anos, e depois, em 2013 e 2014, correu a Moto3. Ficou fora do campeonato mundial nos últimos três anos.

As brilhantes performances no Europeu e no Superbike levaram o piloto a retornar ao Mundial de Moto2. Em 2018, Eric Granado vai fazer parte da equipe Forward Racing Team, com motor Honda, ao lado do italiano Stefano Manzi.

No último domingo (12 de novembro), Granado participou como convidado da última etapa da Moto2, em Valência. Após 27 voltas, fechou a prova em 17º lugar, entre as 32 motos que alinharam no grid. Resultado considerado positivo, pois ficou à frente de pilotos experientes e que disputaram o calendário completo do Mundial. A participação de Granado foi histórico para o motociclismo brasileiro porque marcou a volta de um brasileiro na competição.

#HONDA #MOTOCICLETAS #MOTOVELOCIDADE

Laja Revista Publiracing