• Redação / Revista Publiracing

Faturamento do grupo PSA em forte alta no 3º trimestre de 2017


O faturamento do Groupe PSA no terceiro trimestre de 2017 foi de 14,988 bilhões de euros, ante 11,404 bilhões de euros no terceiro trimestre de 2016. No acumulado dos nove meses, o faturamento do Grupo foi de 44,153 bilhões de euros, frente a 39,183 bilhões de euros em 2016, em alta de 12,7%. O crescimento acumulado desde o início do plano Push to Pass, com taxa de câmbio e perímetro constantes, chega a 9,3%.

O faturamento da Divisão Automotiva PCD alcançou 8,418 bilhões de euros, em alta de 11,6% comparativamente ao 3º trimestre de 2016. Este aumento decorre essencialmente da melhoria do mix de produtos (+5,4%) e do mix volume e país (+5,7%), associado ao sucesso mundial dos novos modelos do Grupo (Peugeot 3008, 5008, Expert e Traveller, Citroën C3, C3 Aircross, C5 Aircross, Jumpy e SpaceTourer). As vendas a parceiros (+2,7%) mais do que compensaram os efeitos negativos das taxas de câmbio (-2,3%).

O faturamento da Divisão Automotiva OV foi de 2,789 bilhões de euros, correspondentes aos meses de agosto e setembro.

No terceiro trimestre, os volumes de vendas mundiais, assim como as participações de mercado cresceram em todas as regiões (Europa, Oriente Médio & África, América Latina, Eurásia e Índia-Pacífico), com exceção da China. Com a inclusão dos volumes da Opel Vauxhall, as vendas mundiais registraram um aumento de 23,8% no terceiro trimestre de 2017 em comparação com o mesmo período de 2016.

O nível dos estoques da PCD no final de setembro de 2017 era de 369 mil veículos4 (incluindo a rede independente), apresentando uma redução de 31 mil veículos em comparação com o final de setembro de 2016. O estoque da OV chegou a 273 mil veículos ao final de setembro de 2017.

Jean Baptiste de Chatillon, Chief Financial Officer e Membro do Comitê Executivo do Groupe PSA, declarou: “O Groupe PSA, e mais especialmente a PCD, está combinando um forte crescimento com disciplina em matéria de preços e de custos. Essas alavancas são essenciais para que o Grupo vença os desafios do futuro em um contexto econômico que se mantém incerto.”

Perspectivas de mercado: em 2017, o Grupo projeta um crescimento do mercado automotivo de cerca de 3% na Europa, 5% na China, 7% na América Latina e 8% na Rússia.

Objetivos operacionais

O plano estabelece os seguintes objetivos para o Groupe PSA (sem a Opel Vauxhall):

• Uma margem operacional corrente5 média superior a 4,5% para a Divisão Automotiva no período 2016-2018 e uma meta superior a 6% em 2021.

• Um crescimento de 10% do faturamento do Grupo entre 2015 e 20186, visando 15% suplementares até 20216.

#PSA