• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

DTM: Em Moscou, Augusto Farfus recupera competitividade mas resultados frustram o curitibano


O bom desempenho de Augusto Farfus desde o início das atividades da 5ª etapa do DTM na Rússia indicava que esse seria um fim de semana muito promissor para o brasileiro, que andou no top-10 nos treinos livres. Porém, o resultado final das corridas infelizmente não saiu como planejado, fazendo com que o piloto já olhe para a próxima rodada dupla, que abre a segunda metade da temporada, após o intervalo para o verão europeu, em Zandvoort, na Holanda.

Em Moscou, depois do 5º e do 9º lugar nos treinos, o piloto da BMW garantiu a 3ª posição no grid de largada da corrida 1, no sábado. Após um ótimo início, Farfus tentou a ultrapassagem sobre o 2º colocado, Mike Rockenfeller, que acabou tocando em Augusto, e quase o jogou para fora da pista. No incidente, o brasileiro levou a pior e teve de parar nos boxes para reparos no carro #15. Ele ainda conseguiu voltar para a corrida, mas teve de abandonar a poucas voltas do fim.

Para a corrida de domingo, Farfus saiu da 11ª posição, confiante em seu bom ritmo para buscar a recuperação e novamente somar pontos para o campeonato. A intenção do piloto da BMW era fazer sua parada obrigatória nos boxes para troca de pneus logo no começo da prova, porém após pular para 8º na largada, a equipe BMW Team RMG optou por uma estratégia diferente, estendendo seu primeiro stint. Com a entrada do safety-car na sexta volta da corrida, os pilotos que já haviam feito seus pit-stops foram beneficiados, e a estratégia do brasileiro frustrada. Ele completou as 36 voltas em 11º, apenas uma posição fora da zona de pontos.

Agora, o DTM pára por quase um mês, e retoma suas atividade entre os dias 18 e 20 de agosto, no tradicional circuito de Zandvoort, na Holanda - na terceira e última prova da categoria fora da Alemanha neste ano, onde Augusto Farfus conta com uma vitória, em 2013, e espera seguir em evolução e conseguir traduzir em resultados sua melhora de performance a bordo da BMW M4 DTM.

Augusto Farfus:

“Tivemos duas corridas difíceis na etapa, no sábado, fui tocado logo no começo e isso danificou nosso carro. No domingo, estava na estratégia de fazer o pit-stop no início da prova, mas como a largada foi muito boa, optamos por estender o stint, e quando o safety-car entrou, arruinou nossas chances na corrida, o que foi uma pena. Mas bola pra frente, mostramos um bom ritmo de corrida aqui em Moscou, provamos que o nosso conjunto está melhorando, ficando cada vez mais competitivo, e que é questão de tempo. Vamos manter a cabeça no lugar, e seguir trabalhalhando bastante, que o resultado logo vai aparecer. Agora temos o intervalo do verão europeu, vou passar um tempo com minha família e voltamos para Zandvoort com força total daqui a um mês”.

#DTM #AUTOMOBILISMO

Laja Revista Publiracing