• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

WRC: Ott Tanak em Ford consegue na Sardenha sua primeira vitória


Ott Tanak assegurou na Sardenha a sua primeira vitória no Mundial de Ralis. Após uma prova em que os primeiros na pista foram prejudicadas, e em que o estoniano conseguiu ser rápido sem cair nas traiçoeiras armadilhas das estreitas especiais da prova italiana. Muito perto da vitória na Polônia em 2016, e de mais recentemente ter disputado até final a vitória em Portugal, a vitória finalmente chegou para o rápido e jovem piloto da Ford.

Com quatro pódios e uma vitória em sete provas e num campeonato muito disputado, o piloto da Estônia se junta a Latvala (Toyota), Neuville (Hyundai), e a seu companheiro Ogier na disputa pelo título.

Ainda como destaques Jari-Matti Latvala que terminou em segundo, a 12.3s do vencedor, ele que errou na segunda especial do último dia, deitando por terra a possibilidade de disputar a vitória.

O terceiro lugar foi para Thierry Neuville, que mantendo uma regularidade impressionante este ano, e mesmo sendo um dos primeiros a passar nas especiais, prejudicado por isso, conseguiu manter uma distancia que o deixava em condições de disputar a vitória nas últimas especiais, no entanto problemas nos freios no penúltimo dia, o obrigaram a perder cerca de um minuto, sendo a terceira posição final um ótimo resultado em termos de campeonato.

Para finalizar os destaques positivos, Esapekka Lappi que realizava apenas sua segunda prova como piloto oficial da Toyota. O finlandês venceu três especiais e a PowerStage, contribuindo para um bom resultado final da Toyota e deixando ótimas indicações quanto à presença de mais um rápido piloto para a disputa das provas do mundial, campeonato que está em seu primeiro ano com as novas regras e que leva cada vez mais espectadores para as pistas, com provas equilibradas, disputadas, emocionantes e com diversas marcas disputando as provas.

A Citroën mais uma vez sofreu com o excesso de impetuosidade dos seus pilotos e mais um acidente com mais um abandono para seu comandante Kris Meeke, prova discreta para Breen, e o recém contratado, Andreas Mikkelsen, a ser o mais bem posicionado dos carros da marca francesa apenas em oitavo.

Para ver os resultados finais acesse aqui

#WRC #AUTOMOBILISMO

Laja Revista Publiracing