• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing
729X90.gif

Fórmula E: Na vitória de Buemi, di Grassi chega em segundo, e Piquet quarto


No apertado circuito do Principado, a falta de pontos de ultrapassagem mostrou-se latente e, apesar das tentativas de tomar a liderança de Sébastien Buemi, o brasileiro da ABT Schaeffler Audi Sport somou importantes pontos na continuação da luta pelo título. Lucas conquista seu 17º pódio na Fórmula E com segundo lugar no e-Prix de Mônaco.

Os dois pilotos, que lideram a classificação geral, refletiram bem o que tem sido o campeonato até agora: dispararam na frente da concorrência e disputaram, entre si, cada metro do apertado traçado de 1,7 quilômetro. O oponente mais próximo dos líderes, Nick Heidfeld, terminou em terceiro ao chegar 13 segundos atrás de Buemi e Di Grassi. Na tabela de classificação, situação semelhante com o suíço somando 104 pontos contra 89 do brasileiro; o terceiro colocado é Nico Prost, com apenas 48.

"Tivemos outra grande luta hoje - tanto na classificação como na corrida. Com o carro que tínhamos hoje era possível vencer a Renault", disse Lucas. "Infelizmente, o circuito praticamente não oferece nenhum ponto de ultrapassagem. Além disso, Séb é um piloto forte e experiente - mas se ele tivesse deixado alguma abertura, por menor que fosse, sem dúvida eu teria me lançado em ataque", disse o brasileiro, que agora fica a uma distância de 15 pontos do líder após excelente recuperação no e-Prix anterior, na Cidade do México, onde venceu e reduziu o déficit em relação à ponta da tabela.

Já Nelsinho Piquet teve seu melhor resultado na temporada 2016/2017 da FIA Fórmula E e terminou o ePrix de Mônaco em quarto lugar após largar em terceiro. Com os pontos somados, o piloto da NextEV subiu para a oitava posição na tabela, com 27, e abriu 12 de vantagem para companheiro de equipe Oliver Turvey.

"Fui um pouco cuidadoso na minha volta de classificação, então sei que havia um pouco mais a tirar do carro, mas chegar à Superpole de novo e largar na segunda fila não foi ruim. Na corrida, cosneguimos bons pontos, o que é positivo, mas não sei se poderíamos ter feito melhor. Foi uma das minhas corridas mais duras, passei o tempo todo olhando pelos espelhos. Temos o ritmo para a classificação, o carro se mostrou bom o tempo todo, apenas temos de continuar trabalhando na performance de corrida"

Resultado do e-Prix de Mônaco (top-10):

1. Sébastien Buemi (Renault e.Dams) - 51 voltas em 51min05s488

2. Lucas di Grassi (ABT Schaeffler Audi Sport) - a 0s320

3. Nick Heidfeld (Mahindra Racing) - a 13s678

4. Nelson Piquet Jr (NextEV NIO) - a 19s074

5. Maro Engel (Venturi Formula E) - a 19s518

6. Felix Rosenqvist (Mahindra Racing) - a 19s599

7. Daniel Abt (ABT Schaeffler Audi Sport) - a 20s430

8. Esteban Gutierrez (Techeetah) - a 32s295

9. Nico Prost (Renault e.Dams) - a 35s667

10. Mitch Evans (Panasonic Jaguar Racing) - a 38s410

Campeonato após cinco etapas (top-6):

1. Sébastien Buemi - 104 pontos

2. Lucas di Grassi - 89

3. Nico Prost - 48

4. Jean-Eric Vergne - 40

5. Sam Bird - 34

6. Nick Heidfeld – 32

#FÓRMULAE #AUTOMOBILISMO

Laja Revista Publiracing
Planos.jpg
Reserve seu espaço