• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Lewis Hamilton venceu de forma fácil o GP da China.


Como se espera, o GP da China não foi nada fácil para o grid da F1. A pista molhada, que vinha causando problemas desde sexta feira, mais uma vez foi responsável pelas principais incidências da prova.

Exceção a tudo, isso o vencedor, Lewis Hamilton que venceu de forma fácil e passou imune às dificuldades de praticamente todos.

Vettel que acabaria por chegar em segundo, perdeu muito tempo no inicio com a estratégia e entrada no boxe com as entradas do safety car no inicio. Acabou caindo para sexto tendo que recuperar na pista o tempo perdido, rodando algum tempo atrás de Raikkonen, mas após excelente manobra deixou seu companheiro de Ferrari para trás confirmando a posição indo atrás da sua posição final que veio após um pequeno erro de Verstappen.

O jovem holandês foi aliás o destaque maior da corrida, Max Verstappen largou de 17º e pouco depois das dez voltas iniciais já era 2º após ultrapassar seu companheiro de equipe. Mesmo com condições de aderência muito precárias o piloto da Red Bull, veio ultrapassando e se beneficiando das batidas à sua frente para uma fantástica recuperação, que garantiu a ele a terceira posição final.

Valtteri Bottas foi um dos grandes prejudicados no inicio, e por entrar no boxe em momento de safety car, comprometendo toda a corrida. Caiu naquele instante para 12º acabando por terminar em sexto.

Os problemas iniciais foram causados, primeiro, quando Sergio Pérez deu um toque na traseira do Williams de Lance Stroll levando o piloto da equipe inglesa ao abandono. Logo depois foi a vez de pela segunda vez no fim de semana a Sauber ter um carro destruído. Desta vez Antonio Giovinazzi saiu em reta no ponto critico da pista chinesa que ainda acumulava água.

O brasileiro Felipe Massa teve uma corrida para esquecer, nunca conseguindo andar num ritmo próximo dos pilotos da frente, terminando numa inexpressiva 14ª posição final, tendo tomado inclusivamente uma volta dos primeiros.

Palavras finais para mais uma ótima corrida do espanhol Carlos Sainz, que arriscou no inicio largando de pneu slick, rodou ficando muito para trás, mas após esse momento e enquanto a pista foi secando, foi ganhando ritmo terminando numa ótima sétima posição final.

Completaram as dez primeiras posições, Kevin Magnussen com o Haas de motor Ferrari, Sergio Pérez e Esteban Ocon.

Classificação final do GP da China

1. Lewis Hamilton GBR Mercedes – Mercedes 56 voltas

2. Sebastian Vettel GER Ferrari – Ferrari +6.250s

3. Max Verstappen NED Red Bull – TAG +45.552s

4. Daniel Ricciardo AUS Red Bull – TAG +46.987s

5. Kimi Raikkonen FIN Ferrari – Ferrari +48.076s

6. Valtteri Bottas FIN Mercedes – Mercedes +48.808s

7. Carlos Sainz ESP Toro Rosso-Renault +1m 11.115

8. Kevin Magnussen DEN Haas-Ferrari +1 volta

9. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes +1 volta

10. Esteban Ocon FRA Force India-Mercedes +1 volta

11. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari +1 volta

12. Nico Hulkenberg GER Renault – Renault +1 volta

13. Jolyon Palmer GBR Renault – Renault +1 volta

14. Felipe Massa BRA Williams – Mercedes +1 volta

15. Marcus Ericsson SWE Sauber – Ferrari +1 voltas

Não terminaram

16. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda 34 voltas

17. Daniil Kvyat RUS Toro Rosso-Renault 18 voltas

18. Stoffel Vandoorne BEL McLaren-Honda 16 voltas

19. Antonio Giovinazzi ITA Sauber – Ferrari 2 voltas

20. Lance Stroll CAN Williams – Mercedes 0 voltas

#FÓRMULA1 #AUTOMOBILISMO

Laja Revista Publiracing
Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !