• Texto: Eduardo Coutelle - VGVOM | Fotos: Gimar

Oliveira derruba própria marca e garante pole da Moto2 no GP da Argentina


Impossível contar quantas mudanças houve nas primeiras posições durante o treino classificatório da categoria Moto2 para o Grande Prêmio Motul da Argentina, realizado na tarde deste sábado (8) no Circuito Termas de Rio Hondo. Com o céu ainda bastante carregado, porém, com a pista cada vez mais seca, inúmeros pilotos dividiram a liderança da sessão que definiu o grid de largada para a prova deste domingo. Mas foi Miguel OLIVEIRA (#44), da equipe Red Bull KTM Ajo, quem mais se destacou. O piloto português voltou inspirado para a segunda metade da sessão e obteve um excelente desempenho de sua moto KTM. Após baixar ao menos cinco vezes o melhor tempo, Oliveira faturou a ponta com a volta de 1m45s616.

Outros três pilotos se aproximaram da marca alcançada pelo português. Franco MORBIDELLI (#21), da equipe EG 0,0 Marc VDS, garantiu o segundo posto no grid com o tempo de 1m45s715. Seu companheiro de equipe, o espanhol Alex MARQUEZ (#73), veio na sequência, em terceiro, com 1m45s864, logo à frente de Thomas LUTHI (#12), da CarXpert Interwetten, na quarta posição, com a volta de 1m45s990.

Já na casa de 1m46s, o suíço Jesko RAFFIN (#2), da equipe Garage Plus Interwetten, vai largar em quinto após obter o tempo de 1m46s053 no treino classificatório. A largada da categoria Moto2 para o Grande Prêmio Motul da Argentina está prevista para as 14h20 deste domingo

Confira abaixo a classificação dos 10 primeiros colocados:

1º - Miguel OLIVEIRA (#44), da Red Bull KTM Ajo – 1m45s616

2º - Franco MORBIDELLI (#21), da EG 0,0 Marc VDS – 1m45s715

3º - Alex MARQUEZ (#73), da EG 0,0 Marc VDS - 1m45s864

4º - Thomas LUTHI (#12), da CarXpert Interwetten - 1m45s990

5º - Jesko RAFFIN (#2), da Garage Plus Interwetten – 1m46s053

6º - Mattia PASINI (#54), da Italtrans Racing Team - 1m46s144

7º - Sandro CORTESE (#11), da Dynavolt Intact GP - 1m46s145

8º - Xavi VIERGE (#97), da Tech 3 Racing - 1m46s173

9º - Xavier SIMEON (#19), da Tasca Racing Scuderia Moto2 - 1m46s197

10º - Lorenzo BALDASSARRI (#7), da Forward Racing Team – 1m46s420

Marc Marquez volta a brilhar e garante pole para o GP da Argentina

Marc MARQUEZ (#93), da equipe Repsol Honda Team, voou baixo na sessão classificatória e garantiu a pole position para o Grande Prêmio Motul da Argentina, prova que será realizada neste domingo (9) no circuito Termas de Rio Hondo. O atual campeão da MotoGP não deu chances aos adversários no treino decisivo, realizado com chuva e asfalto molhado na tarde deste sábado (8). O espanhol entrou inspirado na pista. Já em sua segunda tentativa, cravou a marca de 1m48s571. No final do treino, conseguiu melhorar em quase um segundo sua volta rápida e faturou a primeira posição do grid largada com o tempo de 1m47s512.

Enquanto isso, a briga pela vice-liderança foi definida na casa dos milésimos. O checo Karel ABRAHAM (#17), da equipe Pull&Bear Aspar Team, venceu a disputa com Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda, pelo segundo posto. O piloto fechou sua melhor volta em 1m48s275, apenas três milésimos mais rápido que o adversário britânico.

Na sequência do grid, o italiano Danilo PETRUCCI (#9), da equipe OCTO Pramac Racing, colocou sua Ducati na quarta marca, logo à frente do espanhol Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team, em quinto.

Quem acabou ficando um pouco para traz foi o atual líder do campeonato, Maverick VIÑALES (#25), da equipe Movistar Yamaha MotoGP. O piloto espanhol liderou boa parte dos treinos, porém, na sessão decisiva e com pista molhada foi apenas o sexto mais rápido. Já o caso de seu companheiro de equipe, Valentino ROSSI (#46), foi justamente o contrário. Após ter dificuldades para andar entre os mais rápidos, o italiano heptacampeão fez o segundo tempo na primeira parte do classificatório e em seguida confirmou a sétima posição no grid.

A largada da categoria MotoGP no Grande Prêmio Motul da Argentina está prevista para as 16h deste domingo (9).

Confira abaixo a classificação dos 10 primeiros colocados:

1º - Marc MARQUEZ (#93), da Repsol Honda Team – 1m47s512

2º - Karel ABRAHAM (#17), da Pull&Bear Aspar Team– 1m48s275

3º - Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda - 1m48s278

4º - Danilo PETRUCCI (#9), da OCTO Pramac Racing - 1m48s908

5º - Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team – 1m49s008

6º - Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP - 1m49s218

7º - Valentino ROSSI (#46), da Movistar Yamaha MotoGP - 1m49s272

8º - Aleix ESPARGARO (#41), da Aprilia Racing Team Gresini - 1m49s323

9º - Loris BAZ (#76), da Reale Avintia Racing - 1m49s630

10º - Alvaro BAUTISTA (#19), da Pull&Bear Aspar Team – 1m50s724

McPhee faz volta mais rápida e larga na pole da Moto3 no Grande Prêmio da Argentina

John MCPHEE (#17), da equipe British Talent Team, recebeu uma ajudinha dos céus e garantiu a pole position para o Grande Prêmio Motul da Argentina na categoria Moto3. O piloto britânico aproveitou a boa condição da pista do circuito Termas de Rio Hondo, no início da tarde deste sábado (8), e, restando 15 minutos para o fim do treino classificatório, cravou a marca de 1m49s094. Instantes depois, os competidores retornaram aos boxes para ajustes finais. Ao retornarem à pista, as bandeiras do autódromo anunciavam a volta da chuva. Com isso, McPhee ficou apenas na torcida aguardando o fim do treino para assim comemorar a sua segundo pole na carreira.

A segunda posição no grid foi para Nicolo BULEGA (#8), da equipe SKY Racing Team VR46. O piloto italiano conseguiu sua melhor marca nos instantes finais da sessão, mesmo com o asfalto parcialmente molhado. Bulega - que teve sua melhor volta na sessão anterior em análise – fechou o tempo de 1m49s248.

Seguindo a ordem do grid, Jorge MARTIN (#88), da equipe Del Conca Gresini Moto3, larga em terceiro, logo à frente de Aron CANET (#44), da Estrella Galicia 0,0, em quarto, e de Fabio DI GIANNANTONIO (#21), da Del Conca Gresini Moto3, na quinta posição. Quem acabou sendo bastante prejudicado com a chuva foi o atual líder do campeonato, Joan MIR (#36), da equipe Leopard Racing, que larga apenas em 16º.

Além das disputas, o treino classificatório da Moto3 apresentou um acidente mais grave. Ainda nos primeiros minutos da sessão, Albert ARENAS (#75), da equipe MAHINDRA MOTARD Aspar, perdeu o controle da moto na Curva 11 e caiu em alta velocidade. A moto ficou bastante danificada e o piloto acabou recebendo atendimento médico – mas passa bem.

A largada da Moto3 está prevista para as 13h deste domingo (9).

Confira abaixo a classificação dos 10 primeiros colocados para o grid da categoria:

1º - John MCPHEE (#17), da British Talent Team– 1m49s094

2º - Nicolo BULEGA (#8), da SKY Racing Team VR46– 1m49s248

3º - Jorge MARTIN (#88), da Del Conca Gresini Moto3- 1m49s323

4º - Aron CANET (#44), da Estrella Galicia 0,0 - 1m49s463

5º - Fabio DI GIANNANTONIO (#21), da Del Conca Gresini Moto3 - 1m49s486

6º - Romano FENATI (#5), da Marinelli Rivacold Snipers – 1m49s493

7º - Juanfran GUEVARA (#58), da RBA BOE Racing Team - 1m49s782

8º - Andrea MIGNO (#16), da SKY Racing Team VR46 - 1m49s830

9º - Tatsuki SUZUKI (#24), da SIC58 Squadra Corse - 1m49s843

10º - Philipp OETTL (#65), da Südmetall Schedl GP Racing – 1m49s860

#MOTOVELOCIDADE