• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Mercedes-AMG celebra o 50º aniversário com mais esportividade


A Mercedes-AMG celebra o seu 50º aniversário em 2017. Sob o tema "50 Years of Driving Performance", a divisão esportiva da Mercedes-Benz, assinala a ocasião através do alargamento da família de modelos esportivos AMG GT com o novo Mercedes-AMG GT C. Desta forma, o AMG GT C Roadster será agora acompanhado por uma versão Cupê da mesma linha de modelo. Posicionado entre o AMG GT S e o AMG GT R, o novo modelo estará disponível em exclusivo como um modelo de edição especial sob o nome Edition 50. Ao mesmo tempo, o Mercedes-AMG GT e o AMG GT S foram visual e tecnologicamente aperfeiçoados e os seus motores são agora ainda mais potentes.

A nova grade frontal é destaque nos novos modelos

Os novos modelos são identificáveis pela distintiva grade AMG Panamericana, que é agora partilhada por todos os modelos AMG GT. Salientando a herança do esporte a motor, a grade é caracterizada por 15 barras verticais cromadas que transmitem o visual do mais recente veículo de competição Mercedes-AMG GT3. O novo para-choques dianteiro destaca a largura do veículo e confere um visual de grande estabilidade em estrada. As entradas de ar de grandes dimensões nas extremidades do para-choques asseguram o fornecimento do ar suficiente para arrefecimento do motor.

Sistema ativo de gestão da entrada de ar AIRPANEL adotado do AMG GT R, disponível agora em todos os modelos.

Todas as versões AMG GT possuem agora uma tecnológica de última geração que permite direcionar e aumentar a quantidade de ar para arrefecimento através de lâminas verticais na secção inferior do para-choques dianteiro. Elas podem ser abertas e fechadas através de um motor elétrico em apenas um segundo.

Durante a condução normal, sem exigência maior as lâminas permanecem fechadas de forma a reduzir o atrito aerodinâmico e orientam o ar para a área inferior da carroceria. Isto permite melhorar a eficiência aerodinâmica dos veículos. Elas só abrem quando certos componentes atingem determinadas temperaturas e as necessidades de arrefecimento se tornam elevadas, para permitir a passagem do máximo fluxo de ar utilizado no arrefecimento pelos permutadores de calor.

Como parte desta nova medida de design, o permutador de arrefecimento do óleo do motor em todos os modelos AMG GT foi deslocado da região dianteira do veículo para as caixas das rodas. Por outro lado, o radiador principal continua instalado na frente.

Novas versões: o motor AMG de 4.0 litros V8 biturbo

A Mercedes-AMG reestruturou a gama com nova versão e potência/binário do motor de 4.0 litros V8 biturbo. A versão de entrada do AMG GT oferece agora uma potência de 350 kW (476 CV), ou seja, mais 10 kW (14 CV) do que a versão anterior. Além disso, com 630 Nm, a versão básica do motor de oito cilindros produz agora mais 30 Nm de binário máximo, permitindo desta forma uma força de tração superior. Os mesmos valores serão aplicados ao GT Roadster a partir do seu lançamento de mercado.

A potência do GT S foi aumentada em 9 kW (12 CV) para 384 kW (522 CV) e foi acompanhada por um aumento do binário máximo de 20 Nm para 670 Nm.

O próximo nível é marcado pelas versões C do Cupê e do Roadster com 410 kW (557 CV) e 680 Nm de binário máximo. O topo de gama é o AMG GT R com 430 kW (585 CV) e 700 Nm de binário.

#MERCEDESBENZ #AMG

Laja Revista Publiracing
Reserve seu espaço