• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

FCA anuncia três novos produtos para a Jeep. Wagoneer, Gran Wagoneer e uma nova Picape.


A FCA dos Estados Unidos confirmou a próxima fase do seu plano de industrialização, anunciando um investimento de US$ 1 bilhão nas fábricas de Michigan e Ohio, com a adição de 2 mil empregos. Dessa forma, o grupo reforça o compromisso de ampliar sua base de produção nos Estados Unidos, alinhando a capacidade da Jeep® para estender sua linha de produtos. Ao todo, desde 2009, a FCA já acumula um investimento de US$ 9,6 bilhões nos Estados Unido. Nesse período foram gerados 25 mil postos de trabalho.

Este anúncio é a segunda fase de um plano de industrialização que teve início há um ano. O principal objetivo é realinhar as operações de produção da empresa nos Estados Unidos para utilizar plenamente a capacidade disponível de acordo com novas tendências de demanda. Cada vez mais o consumidor naquele mercado – e também em outros países como o Brasil – procura por SUVs e picapes, o que vem levando a uma crescente expansão do portfólio das marcas Jeep e Ram.

Com o investimento de US$ 1 bilhão, a FCA Estados Unidos reequipará e modernizará a fábrica de utilitários de Warren (Michigan) para produzir os novos Jeep Wagoneer e Gran Wagoneer, e a planta sul do complexo industrial de Toledo (Ohio) para fabricar a nova picape Jeep. Estas ações devem ser concluídas em 2020. Mais de 2 mil postos de trabalho serão adicionados para a produção desses modelos. O benefício adicional do investimento em Warren é que permitirá à planta produzir as versões mais pesadas das picapes Ram, atualmente fabricadas no México.

“A conversão da plataforma industrial completa esta fase de nossa transformação para reagimos à mudança na preferência do consumidor para picapes e SUVs, e na medida em que continuamos a reforçar os Estados Unidos como um centro global de fabricação para esses veículos no coração desses segmentos”, disse Sergio Marchionne, CEO da FCA. “Esses movimentos expandem nossa capacidade nesses segmentos-chave, o que nos permite atender à crescente demanda aqui nos Estados Unidos e, o mais importante, aumentar as exportações de veículos médios e grandes para mercados internacionais.”

“A expansão da linha de produtos Jeep tem sido e continua a ser o pilar fundamental da nossa estratégia. Nosso compromisso com a internacionalização da marca Jeep é inabalável e, com estes últimos movimentos, nós finalmente teremos capacidade de atender com sucesso novos mercados, fora dos EUA, aos quais temos historicamente negado produtos devido às limitações de capacidade. Além disso, esses novos produtos vão conquistar novos consumidores, bem como manter aqueles que são parte da tradição Jeep”, concluiu Marchionne.

#FCA #JEEP

Laja Revista Publiracing