• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Trem mostra a natureza e património histórico da região de Paris


Cinco composições do trem da Natureza e Patrimônio percorrem vias da região metropolitana de Paris, o mais recente mostrando os jardins e palácios de Rambouillet.

Um dos sindicatos mais fortes e ativos da França, o ferroviário, e a empresa pública de transporte sobre trilhos, a SNCF, desenvolveram este projeto de dar um ambiente diferente a cinco unidades de trens suburbanos. A decoração mostra as muitas belezas naturais e culturais da região, chamando a atenção aos visitantes e tornando o ambiente destas composições ainda mais agradável.

O projeto vem sendo desenvolvido ao longo dos últimos anos, através de trens temáticos, e o último deles circula na linha N, com 117 quilômetros de extensão e 36 estações, entre Paris-Montparnasse e Mantes la Jolie.

Dreux e Rambouillet vem juntar-se a outros anteriores como, o dedicado a Versalles circulando na linha C desde 2012, os impressionistas e Museu de Orsay, na linha J em 2013, e o que mostra os 120 anos do cinema, lançado já em 2016 na linha D.

O mais novo trem circula numa linha por onde circulam cerca de 287 trens diáriamente,e que transportam ao longo de 24 horas de serviço cerca de 131.500 passageiros.

A decoração em vinil, permite “visitar” até final de 2017 o palácio de Ramboulliet, jardins como o Laiterie de la Reine, construído por Maria Antonieta, Chaumière aux Coquillages e bosques da região.

A execução e decoração foi feita com a colaboração do Centro de Monumentos Nacionais franceses, CMN, que conserva e explora mais de 100 monumentos no país.

No total foram colocados mais de 720 metros quadrados de películas plásticas, em mais de 850 peças de diferentes formatos e tamanhos. Todo este trabalho foi realizado no centro técnico da SNCF em Montrouge

Como alguns dos destaques das imagens em exibição na unidade agora colocada à disposição dos parisienses e habitantes da região, estão os cômodos utilizados por Napoleão, o conde de Toulouse, filho de Luis XIV, o salão de mármore, espaço para jantares de gala, o jardim geométrico, e a penteadeira da condensa de Toulouse.

Outros destaques são a Laiterie de la Reine e seus edifícios neoclássicos de mármores brancos, suas esculturas decorativas, com a predominância da cor que tem origem no seu nome, e ainda o jardim anglo-chinês, Chaumière aux Coquillages, com sua decoração deslumbrante e onde a princesa de Lamballe passava algumas temporadas.

#SNCF #TREM #FERROVIA

Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !