• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing
729X90.gif

Grupo PSA supera um milhão de veículos vendidos na Europa


As vendas da PEUGEOT progrediram 7,9%, com 601 mil unidades, sustentadas especialmente pelos modelos 2008 (+16% e 99.900 vendas) e Partner (+8% e 62.800 vendas), que ocupam a segunda posição em seus respectivos segmentos na Europa. Os modelos 208 e 308 continuam sua progressão, com +15% (157.800 vendas) e +10% (119.200 vendas), respectivamente. Os resultados da marca foram especialmente favoráveis na Itália (+17,4%), na Espanha (+12,5%) e nos Países Baixos (+8,8%). Este excelente desempenho terá, no segundo semestre, o apoio de diversos novos produtos: os novos SUV PEUGEOT 2008 e 3008, e os novos PEUGEOT Traveller e Expert.

Com 414 mil unidades, as vendas da CITROËN registraram um recorde nos últimos 5 anos, com um crescimento de 7,2%. Uma dinâmica sustentada especialmente pelo C4 Picasso, líder europeu dos monovolumes, mas também pelos C4 Cactus e C1, cujas vendas aumentaram. Em matéria de VUL (Veículo Utilitário Leve), o Berlingo confirmou o sucesso alcançado, despontando na liderança do segmento. Com todos esses bons resultados, a Marca conseguiu ganhar terreno em mercados essenciais (Grã-Bretanha, Espanha e Alemanha). Essa dinâmica ficará mais intensa no segundo semestre, graças aos modelos Novo C4 Picasso, Novo Jumpy, SpaceTourer e Novo C3, que substituirá o best-seller da Marca no outono europeu.

A marca DS teve uma progressão de 0,7%, com 40.900 unidades. Com o lançamento do Novo DS 3 e do Novo DS 3 Cabrio em março, a DS dispõe agora de uma gama inteiramente renovada. Convém notar o sucesso do DS 4 e do DS 4 Crossback, assim como o forte poder de sedução exercido por este último, que totaliza 28% das vendas desta dupla de compactos premium. A marca continua a ampliar a sua rede comercial, com 21 DS STORES e 86 DS SALONS na Europa no fim do mês de junho.

Na China e no Sudeste Asiático, em um mercado em plena mudança, as vendas do Grupo PSA sofreram uma queda de 19,4%, para 297 mil unidades.

Após a chegada do sedan DS 4S no final de abril, o Grupo prepara uma ofensiva comercial no segundo semestre, que prevê o lançamento de 5 SUVs até 2018.

A marca PEUGEOT pretende, como parte do plano Blue Upper, lançar 18 novos modelos na China até 2020 e renovar dois dos três best-sellers da PEUGEOT no mercado mundial – o 308 Sedan e o 3008 – até o final do ano.

A marca CITROËN confirma o sucesso do SUV C3-XR, cujas vendas cresceram +35%. No segundo semestre, a CITROËN vai lançar os Novos C6 e C4 L.

Para acompanhar a progressão do segmento SUV no mercado chinês, o Grupo PSA inaugurará em setembro de 2016 uma nova fábrica em Chengdu. Convém observar que o Grupo já produz na sua fábrica de Shenzhen o SUV DS 6, modelo que lidera as vendas da marca DS na China.

Na região Oriente Médio e África, no 1º semestre, o Grupo PSA teve que enfrentar um contexto econômico desfavorável: suspensão das importações, seguida de uma limitação por quotas na Argélia, e restrições do acesso a moedas estrangeiras em alguns países (Egito e Tunísia). Esta situação impactou fortemente as vendas do Grupo na região (-13,3%).

O Grupo criou as condições para a sua volta ao Irã, com a assinatura em junho de um acordo de joint venture com a Iran Khodro, parceiro histórico da marca PEUGEOT. Já a marca DS foi lançada no Irã no começo do ano, em cooperação com um investidor privado.

Na América Latina, o Grupo PSA consolida suas posições, com 88.800 veículos vendidos e um crescimento de 16,4%, em um mercado que recuou 8,2%. No Chile, o Grupo conquistou uma participação no mercado histórica, de mais de 7%.

A PEUGEOT registrou um aumento de 26% em suas vendas, com excelentes resultados na Argentina (+45%), no Chile (+38%) e no Brasil (+2%), sendo esse em um mercado em forte queda (-25%). A marca foi beneficiada especialmente pelos seus últimos lançamentos, o 2008 e o Novo 208.

A CITROËN conservou suas posições durante o semestre, com algumas progressões notáveis na Argentina (+29%) e no Chile (+55%). Depois de um lançamento bem-sucedido no Brasil, o Novo CITROËN AIRCROSS passou a ser comercializado na Argentina e a contribuir para o bom desempenho da marca.

Na Eurásia, apesar de uma conjuntura econômica bastante degradada e de um mercado em baixa, especialmente na Rússia (-14,7%), o Grupo PSA conseguiu estabilizar suas vendas (-0,1%) e continua focado na rentabilidade.

Na região Índia e Pacífico, o Grupo PSA é guiado pelo mercado japonês, que representa 49% de suas vendas na região. O lançamento do CITROËN C4 Cactus e das motorizações a diesel no Japão serão grandes trunfos para o fortalecimento das posições do Grupo na região.

#PSA #CITROEN #PEUGEOT

Laja Revista Publiracing
Planos.jpg
Reserve seu espaço