• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Sem atraso, e com orçamento inicial rigorosamente cumprido, maior túnel ferroviário do mundo é inaug


Quarta-feira 1 de junho 2016, vai ficar para a história das ferroviais e do transporte sobre trilhos na Europa, como a data da inauguração oficial do novo túnel Gotthard, o maior do mundo.

Com a presença de toda a cúpula do Governo suíço, a chanceler alemã Angela Merkel, o presidente francês, François Hollande e o primeiro-ministro italiano Matteo Renzi, o túnel que tem programado o inicio das operações regulares para o dia 9 de Dezembro, foi inaugurado oficialmente. O mais incrível desta impressionante construção, é que ela foi entregue rigorosamente no prazo, e sem um centavo a mais gasto em relação ao orçamento inicial.

Um trem especial com toda a comitiva oficial foi da entrada norte, em Erstfeld, e percorreu o percurso a 250 Km / h ( velocidade máxima permitida ), saindo no lado sul do túnel em Bodio.

O Gotthard é agora o mais longo túnel ferroviário do mundo, com 57 quilômetros de comprimento, mais 3,2 do que a Seikan no Japão e mais sete do que o que atravessa o canal da mancha. Seu antecessor no maciço central de Gotthard foi também ele no passado, um marco histórico para a ferrovia em 1882,,com quinze quilômetros de comprimento.

A empresa Alp Transit Gotthard foi contratada para levar a cabo este projeto que foi aprovado em um referendo em 1992 por 64 por cento dos suíços. O orçamento inicial para o projeto foi 13.200 milhões de francos suíços, cerca de 11.950 milhões de euros.

O túnel irá reduzir o tempo de viagem entre Zurique e Milão em quarenta minutos e se espera em pouco meses duplicar o tráfego de passageiros.

No entanto, a maioria dos praticamente trezentos trens que vão trafegar diariamente no novo túnel, vão ser de mercadorias. A importância desta obra representa não só um passo a frente para uma Europa cada vez mais preocupada com questões ambientais, mas também é esperada uma demanda quadruplicada no transporte de mercadorias no eixo Gotthard e Lötschberg, com projeção de quarenta milhões de toneladas transportadas por ano até 2020.

Fotos: Divulgação

#TRENS #TRANSPORTE #MOBILIDADE

Laja Revista Publiracing
Reserve seu espaço