• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Clássicos de Alfa Romeo, Fiat e Lancia, presentes na 34ª edição da Mille Miglia


Clássicos de Alfa Romeo, Fiat e Lancia, presentes na 34ª edição da Mille Miglia

Reedição da histórica prova Mille Miglia será realizada entre os dias de 19 a 22 de Maio. A prova que foi definida por Enzo Ferrari como "o mais belo museu itinerante do mundo" coloca mais uma vez nas estradas da Itália alguns dos mais fantásticos e raros veículos automóveis já fabricados pelo homem. Na sua 34ª edição, o evento vai receber alguns clássicos que fazem parte dos museus de Alfa Romeo, Fiat e Lancia que anunciou os modelos que vão poder ser vistos no evento que começa e termina em Brescia e depois de passar por alguns dos locais mais importantes da Itália, tendo como ponto de retorno a cidade de Roma.

Alfa Romeo

A Alfa Romeo vai levar o 6C 1750 Gran Sport de 1930, 1900 Sport Spider de 1954 e o 1900 Super Sprint de 1956. Três soberbos representantes do Museu Histórico da Alfa Romeo, que enquanto a prova foi disputada (1927 e 1957) venceram nada menos que onze vezes a famosa competição.

Todos os olhos vão estar no Gran Sport 1750 6C, o lendário modelo em que Tazio Nuvolari e Giovanni Battista Guidotti venceram a prova com sede em Brescia, em 1930. Nuvolari conseguiu a façanha sem precedentes até então de uma média de 100 kmh durante todo o percurso. A carroceria foi criada pelo projetista de Milão, Zagato.

Também participa a 1900 Sport Spider de 1954, modelo que foram produzidas apenas duas unidades. Equipado com um motor 4-cilindros twin-cam, desenvolvendo a potência de até 138 HP, este roadster de corrida atinge 220 Km / h, graças a um peso de apenas 880 kg e aerodinâmica particularmente eficientes já na época. Com seu belo design Bertone, o 1900 Sport Spider vem com uma transmissão de 5 velocidades e um eixo traseiro De Dion.

Para se juntar a eles no evento o 1900 Super Sprint de 1956, um cupê elegante com carroçaria Touring em uma versão "Gran Turismo" do 1900 O modelo se tornou famoso na década de 1950 pelo seu slogan publicitário "o carro da família que vence corridas ". O 1900 SS foi uma presença continua na prova ao longo da década de 50 e escolhido por pilotos privados devido ao seu desempenho e confiabilidade.

Clássicos de Alfa Romeo, Fiat e Lancia, presentes na 34ª edição da Mille Miglia

Lancia

Já a Lancia vai estar presente com um modelo raro e carregado de história, o Lancia Ardea de 1939. O modelo que foi produzido em quatro séries até 1953, venceu a prova em 1947. O Ardea é um modelo com forte inspiração feminina já que foi concebido graças à determinação de Adele Miglietti, a viúva de Vincenzo Lancia e que colocou no papel as ideias do marido.

Fiat

O grid de largada também irá contar com a presença de dois fascinantes Fiat Spider com uma história importante: os 508S de 1934, conhecido como o "Balilla Coppa d'Oro", e o 1100 TV Trasformabile de 1955. Em particular, o primeiro veículo tem o seu nome a partir da vitória conquistada no "Coppa d'Oro del Littorio" em 1934. O veículo deriva diretamente da Fiat 508 S Balilla Sport de 1933, um Spider de dois lugares, cabriolet e rodas raiadas. O veículo da Fiat tem um motor de 995 cc montado na frente, uma potência máxima de 30 HP e um carburador Zenith 30. Sua velocidade máxima é de aproximadamente 110 km / h.

O segundo veículo da marca que participa no Mille Miglia 2016 é o Fiat 1100 TV Trasformabile de 1955, um encantador Spider de 2 lugares, com grade do radiador cromada, pára-brisas panorâmico, assentos reclináveis ​​e o branco como marca nos pneus. Equipado com um 1089 cc 50 HP motor e um carburador Weber 36, o veículo atinge uma velocidade máxima de 143 km / h.

Fotos: FCA Press

#CLASSICOS #FIAT #ALFAROMEO #LANCIA

Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !
Coluna de André Maranhão - Veículos híbridos e eletricos