• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Verstappen vence e faz história na F1


O GP de Barcelona começou da pior maneira para a Mercedes. Hamilton que largava da Pole confirmou que o inicio de temporada, complicado, não é só responsabilidade do carro, mas ao ver Rosberg, que saiu ao seu lado, largar melhor e logo na primeira curva passar por ele, o inglês foi responsável por um daqueles acidentes que vai ficar para a historia da F1, pois tirou da corrida os dois companheiros de equipe, os dois principais candidatos ao título, além de interromper uma histórica sequencia de vitórias de Rosberg, e provocar uma tremenda indisposição e irritação na equipe.

A partir daquele momento a disputa ficou entregue a Ricciardo, Verstappen, pela primeira vez disputando uma corrida com a Red Bull, Sainz, que logo foi ultrapassado por Vettel e logo atrás vinha Raikkonnen. Massa depois de uma péssima classificação no sábado, tentava recuperar para pelo menos chegar aos pontos.

Após as primeiras trocas de pneus e quando estavam percorridas 22 voltas, Vettel se aproximava cada vez mais de Verstapen.

Já com Vettel em segundo e concluída a segunda mudança de pneus pelos principais pilotos, e Vettel antecipava a terceira troca, e entregada novamente a segunda posição para Verstappen.

Algumas voltas depois foi a vez do líder da corrida, Ricciardo, também entrar nos boxes, ficando na pista o finlandês Raikkonen, que tentava ameaçar a todo o momento primeira posição do holandês. Estes dois pilotos mais uma vez retardavam aquela que se julgava ser a derradeira troca de pneus. Mas não foi assim, os dois arriscaram, e seguiram até final, com Max de apenas 18 anos a segurar o finlandês da Ferrari, e com mais uma demonstração de seu enorme talento, vencer o GP disputado na Espanha, e a se tornando o mais jovem piloto a vencer um GP de Fórmula 1 nos 66 anos de história da categoria.

Ricciardo, que vinha numa emocionante disputa com Vettel pela terceira posição, teve que entrar no box na volta final por causa de um furo, que deitou por terra todo o esforço em tentar disputar um lugar no pódio. Mesmo assim sua grande vantagem em relação a Bottas, lhe permitiu ainda conseguir a quarta posição na frente do piloto da Williams.

Palavras finais para os brasileiros. Massa recuperou do final do grid até a oitava posição. Felipe Nasr, se arrastou mais uma vez com a pouco competitiva Sauber terminando em 15º.

Classificação GP da Espanha

1. Max Verstappen (Red Bull) 66 Voltas

2. Kimi Raikkonen (Ferrari) +0.616s

3. Sebastian Vettel (Ferrari) +5.581s

4. Daniel Ricciardo (Red Bull) +43.950s

5. Valtteri Bottas (Williams) +45.271s

6. Carlos Sainz Jr (Toro Rosso) +1m01.395s

7. Sergio Perez (Force India) +1m19.538s

8. Felipe Massa (Williams) +1m20.707s

9. Jenson Button (McLaren) +1 Volta

10. Daniil Kvyat (Toro Rosso) +1 Volta

11. Esteban Gutierrez (Haas) +1 Volta

12. Marcus Ericsson (Sauber) +1 Volta

13. Jolyon Palmer (Renault) +1 Volta

14. Kevin Magnussen (Renault) +1 Volta

15. Felipe Nasr (Sauber) +1 Volta

16. Pascal Wehrlein (Manor) +1 Volta

17. Rio Haryanto (Manor) +1 Volta

Não terminaram

DNF Romain Grosjean (Haas)

DNF Fernando Alonso (McLaren)

DNF Nico Hulkenberg (Force India)

DNF Nico Rosberg (Mercedes)

DNF Lewis Hamilton (Mercedes)

Classificação do Campeonato de Pilotos

Piloto Total

1 Nico Rosberg 100

2 Kimi Raikkonen 61

3 Lewis Hamilton 57

4 Sebastian Vettel 48

4 Daniel Ricciardo 48

6 Max Verstappen 38

7 Felipe Massa 36

8 Valtteri Bottas 29

9 Daniil Kvyat 22

9 Romain Grosjean 22

11 Carlos Sainz Jnr 12

12 Fernando Alonso 8

12 Sergio Perez 8

14 Kevin Magnussen 6

14 Nico Hulkenberg 6

16 Jenson Button 3

17 Stoffel Vandoorne 1

Classificação Campeonato Equipes

Equipe Total

1 Mercedes 157

2 Ferrari 109

3 Red Bull 70

4 Williams 65

5 Toro Rosso 50

6 Haas 22

7 Force India 14

8 McLaren 12

9 Renault 6

10 Sauber 0

10 Manor 0

#FÓRMULA1

Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !
Coluna de André Maranhão - Veículos híbridos e eletricos