• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Piso variado e muito pó marcam 2ª etapa da Mitsubishi Cup


Terra batida, canavial, lama, areia pontos de velocidade em piso mais duro. A Mitsubishi Cup teve todos os ingredientes na segunda etapa da competição, realizada neste sábado em Jaguariúna (SP).

"O tipo do piso variou bastante, o que deixou o rali ainda mais cross-country. E tinha trechos rápidos e outros travados. Isso testa o piloto e o navegador, que é o que a gente quer", ressalta Eduardo Bampi, navegador da categoria ASX RS e que corre na Mitsubishi Cup há 13 anos. "Isso faz de Jaguariúna um lugar tão gostoso de correr."

Pilotos e navegadores fizeram três provas de 30km cada em estradas da Fazenda Meia Lua, já tradicional no calendário da competição. Do lounge, montado especialmente para que as duplas e seus convidados curtam momentos de descontração, era possível ver trechos da prova.

No fim da etapa, depois da premiação, todos puderam aproveitar um churrasco de confraternização e se preparar para a terceira etapa, no domingo. "Diferente de outras categorias, no rali tem essa interação entre as duplas. Você não divide curva, é você contra você e contra o relógio, para ser o mais rápido. A comunidade do rali é unida e isso é muito bacana", explica Ricardo Feltre, piloto vencedor da categoria ASX RS.

Rodada dupla

Neste fim de semana a Mitsubishi Cup terá uma rodada dupla, com disputas também no domingo. Serão duas provas, de 50km cada, na mesma Fazenda Meia Lua - mas com um novo trajeto. "Amanhã será uma prova nova. Começamos tudo do zero, de novo", fala André Munhoz, navegador da categoria ASX R. "Eu acho ótimo vir correr sábado e domingo, é um fim de semana perfeito, uma delícia", completa Eduardo Bampi.

Os vencedores da 2ª etapa

Na categoria Pajero TR4 ER, Paulo Theophilo Dias Filho e Marcelo Bortoluz foram os melhores. "Uma alegria! Nós corremos para nos divertir e aceleramos fundo. Meu navegador é excelente, ele fala ‘acredita’ e eu acredito", conta o piloto. "A prova foi muito rápida, chegamos aos 150km/h".

Já na categoria ASX R, os mais rápidos foram Markus Johannes de Wit e Rodrigo Mello. "Todos os carros estão andando muito próximos, isso dá um incentivo ainda maior. Não aceita erro, você tem que prestar atenção ao detalhe", explica o navegador. "Pra mim tudo é novo e esse é primeiro pódio. Estamos há várias etapas aprendendo, é uma construção de confiança. Quando você chega e vê que é possível, é espetacular!", celebra o piloto Markus.

André Miranda e Alison Pedroso, que venceram a primeira etapa 2016, realizada em Mogi Guaçu, subiram novamente ao lugar mais alto do pódio da categoria Pajero TR4 ER Master. "As referências estavam próximas, o trecho foi de velocidade alta", conta o navegador. "E o piso mudou bastante, na primeira volta a pista estava limpa e depois a condição piorou", completa o piloto. A dupla está confiante para a etapa de domingo. "O carro está impecável, vamos aproveitar que estamos aquecidos e manter o mesmo ritmo amanhã", promete André.

Na nova categoria ASX RS, Ricardo Feltre e Ivo Renato Mayer também venceram pela segunda vez este ano. "Que prova! Foi excelente, extremamente rápida e com todos os tipos de piso. E a gente adora, vive isso aqui. Quando une um carro e um navegador excelente, é a mistura certinha", comemora Ricardo. "A categoria está bem disputada e isso nos anima. E andar com o Ricardinho é fácil, ele toca muito, fica fácil de navegar", fala Ivo. Como venceram, eles largam amanhã com restritor de ar no motor. "O restritor atrapalha um pouco, mas a gente força mais as curvas, freia mais em cima. Vamos buscar ganhar de novo", promete o piloto.

Thiago Wilson Rizzo da Silva e Carlos Eduardo Piacentini subiram ao lugar mais alto do pódio na categoria L200 Triton ER. "É a categoria mais disputada, com maior grid, e os cinco primeiros já estão na briga pelo campeonato. Será uma briga saudável porque somos todos amigos", garante Thiago. "Tento passar o máximo de confiança para que a gente consiga andar no limite o tempo inteiro", fala o navegador. "Subir no pódio é indescritível, resultado do nosso trabalho."

Resultados - Mitsubishi Cup 2ª etapa - Jaguariúna (SP)

Pajero TR4 ER

1) Paulo Theophilo Dias Filho / Marcelo Bortoluz - 93 pontos

2) Flavio Saraiva / Sara Volpato - 78 pontos

3) Daltro Marcelo Maronezi / Guilherme de Paula Rezende - 76 pontos

4) Wander Rocha Cortes / Marcelo Mendes - 68 pontos

5) Flavio Donizeti Pereira de Oliveira / Fernando Marcel Toshio Abe - 68 pontos

ASX R

1) Markus Johannes de Wit / Rodrigo Mello - 86 pontos

2) Rafael Aragao Souza Lopes / Damon Alencar - 78 pontos

3) Werner Neugebauer / Kaique Bentivoglio - 78 pontos

4) João Paulo Franco / André Lucas Munhoz - 63 pontos

Pajero TR4 ER Master

1) Andre Miranda / Alison Pedroso - 95 pontos

2) Vitor Jose Muench / Jorge Adriano Peters - 82 pontos

3) Frederico Macedo / Nickolas Macedo - 74 pontos

4) Celso Macedo / Belen Macedo - 68 pontos

5) Marcos Claudemir Chueda / Luiz Afonso Torres Poli - 66 pontos

ASX RS

1) Ricardo Feltre / Ivo Renato Mayer - 88 pontos

2) Cristian Mai Domecg / Breno De Almeida Rezende - 82 pontos

3) Fabricio Bianchini / Caio Santos - 72 pontos

4) Alberto Andreotti Neto Andreotti / Kleber Cincea - 57 pontos

5) Fabio Ruediger / Eduardo Bampi - 50 pontos

L200 Triton ER

1) Thiago Wilson Rizzo Da Silva / Carlos Eduardo Piacentini - 93 pontos

2) Albano Dos Santos Parente Jr / João Gilberto Ferreira - 78 pontos

3) Glauber Fontoura / Minae Miyauti - 78 pontos

4) Luiz Claudio Parente / Glauco Alencastro - 74 pontos

5) Ivan Machado Terni / João Luis Stal - 72 pontos

Fotos : Cadu Rolim, Ricardo Leizer,

#MITSUBISHICUP

Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !