• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Mãe, mulher e motorista de ônibus


Quando a empresa Tupi Transportes Urbanos Piratininga decidiu criar, no começo deste ano, a Linha Rosa, operada só por mulheres motoristas, Maria José Guedes da Silva, a “Jô”, 50 anos, nem pensou duas vezes: se candidatou para a vaga.

Há três meses, ela trabalha na linha 609J-10 Aeroporto-Metrô S. Judas, no horário das 17h15 às 23h40, o que lhe permite ter o dia livre para cuidar da saúde na academia e do único filho de 27 anos, também empregado da empresa. “Não tem horário melhor”, diz.

“Sempre tive o sonho de trabalhar na Tupi, pois meu filho trabalha lá, há sete anos. Quando a companhia abriu vagas para mulheres, fui uma das primeiras a me candidatar. Gosta muito da Tupi, tanto é que, após um mês de trabalho, fiz uma tatuagem com o logo e nome da empresa”, afirma a motorista.

Maria José tem cinco anos de experiência. Ama o que faz e confirma que recebe muitos elogios dos passageiros, até aplausos nos pontos de ônibus em que para, porque mulher motorista de ônibus ainda é algo difícil de ver. “Na linha 609J, mulher no volante é uma medida recente e a população que me vê dirigindo demonstra satisfação e orgulho por ver o veículo sendo guiado por uma mulher.”

Maria José vai trabalhar neste Dia das Mães e diz que se sente gratificada por poder receber homenagens e, também, prestigiar sua mãe. “Sou mãe de um único filho e tenho minha mãe; assim, não considero essa data um dia normal, mas sim o dia mais especial da minha vida. Ser mãe é ser completa”, declara a motorista.

#ÔNIBUS #CAMINHÕES #TRANSPORTE #MOBILIDADE

Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !
Coluna de André Maranhão - Veículos híbridos e eletricos