• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Aposta da FCA no desenvolvimento do Polo Automotivo Jeep em Goiana, Pernambuco


Um ano após sua inauguração, o Polo Automotivo Jeep, em Goiana, Pernambuco, continua sendo alvo de investimentos. Desenvolvimento de profissionais e consolidação do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento, Inovação e Engenharia Automotiva. A primeira pista do Campo de Provas localizado no perímetro do Polo Automotivo está em fase final de implantação e será fundamental para o desenvolvimento de novos veículos FCA. Além disso, a gestão de pessoas desenvolveu um programa modelo de formação de jovens líderes, que vão assumindo postos de comando na fábrica.

No Polo são produzidos o Jeep Renegade e o Fiat Toro.

“Desde sua concepção, o Polo Automotivo Jeep é uma referência para a indústria automotiva e é parte fundamental da estratégica global da FCA”, afirma o presidente da FCA para a América Latina, Stefan Ketter. “Desenvolvemos pessoas e processos em tempo recorde, concebemos produtos que mudaram o mercado e conquistamos os melhores níveis de produtividade, eficiência e qualidade”, reforça.

Após um ano de comercialização, o Jeep Renegade já acumula cerca de 60 mil unidades vendidas no País, distribuídas através de uma rede de 194 concessionárias no território nacional. Tal desempenho colocou a Jeep na nona posição do ranking de marcas de automóveis e comerciais leves no primeiro trimestre deste ano, com 2,91% de participação de mercado.

O Renegade quebrou ainda o recorde de vendas em um único mês para um SUV em dezembro do ano passado, quando foram emplacados 6.976 veículos. Nesse mesmo mês, o market share do Renegade alcançou 3,2% do mercado total brasileiro.

Já o Fiat Toro, em seu primeiro mês completo de vendas, alcançou a terceira posição entre as picapes mais vendidas no Brasil, com 3.080 unidades comercializadas em março. Até o momento, o Fiat Toro já se posiciona como segundo comercial leve mais vendido do Brasil, atrás apenas da Fiat Strada.

Resultados operacionais

Entre fevereiro de 2015, mês que marcou o início de sua produção comercial, e a primeira quinzena de abril de 2016, o Polo Automotivo Jeep fabricou cerca de 84 mil carros. Atualmente, o ritmo de produção é de 45 veículos por hora, o que representa entre 450 e 480 unidades por dia, sendo, em média, 50% de Jeep Renegade e 50% de Fiat Toro. O desempenho confirma na prática uma das principais premissas do Polo: a flexibilidade para produzir mais de um modelo simultaneamente.

Cada uma das áreas operacionais alcançou resultados expressivos no primeiro ano de operação. A área de Prensas, coração da planta Jeep, na qual o aço ganha a forma dos veículos, registrou o maior índice de eficiência produtiva em linhas de estampagem do tipo HTL dentro do Grupo FCA. A Funilaria se tornou referência na América Latina em índices de qualidade de processos e hoje é uma das unidades-modelo do Grupo FCA. Os resultados foram alcançados em meio à escalada de produção de dois veículos diferentes.

Em apenas um ano, a área Pintura apresentou parâmetros de qualidade comparáveis às unidades semelhantes das melhores plantas FCA do mundo, que estão em operação há muito mais tempo. Além disso, na análise dos consumidores do Jeep Renegade, a pintura dos veículos foi o item melhor avaliado. Com o conceito de ciclo compacto e sistema Primerless, o Polo Automotivo Jeep entrega ao cliente o melhor resultado com menos emissões, menos consumo de energia e redução no uso da água. Na área de Montagem, o principal avanço foi o aumento de 30% na produtividade nos últimos doze meses. A evolução ocorreu também em um momento crucial, com a produção simultânea de dois modelos.

Quanto aos índices de Qualidade, o Polo Automotivo Jeep alcançou os melhores resultados para lançamento de um novo veículo - o Renegade - na história da FCA. Não à toa, o modelo foi eleito Carro do Ano 2016 e registrou, por duas vezes, a maior pontuação no Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe (Latin NCAP), que avalia a segurança oferecida pelo veículo a seus ocupantes. E o Fiat Toro, em três meses de produção apenas, caminha para atingir os mesmos índices internos do Renegade, com o diferencial de ser um modelo completamente novo na gama de veículos da FCA.

Referência em integração com os fornecedores

Além de estar no mesmo perímetro industrial, o Parque de Fornecedores do Polo Automotivo Jeep conta com um modelo de gestão que amplia a sinergia entre as empresas e a troca de experiências, soluções e parceria para resolução de problemas. Dessa forma, além de alcançar índices de nacionalização inéditos para complexos produtivos com apenas um ano de operação - de 80%, sendo 40% oriundos do Parque de Fornecedores - esse novo modelo de gestão garante maior qualidade para os veículos produzidos.

Conhecido como SIM (Suppliers Integration Model), o modelo será exportado para outras plantas FCA no mundo, com implantação já iniciada na fábrica Fiat de Betim (MG). A próxima fábrica a receber o SIM será unidade de Córdoba, na Argentina.

A FCA está focada em atrair para seu entorno fornecedores estratégicos, aumentando a “pernambucanização” de sua cadeia produtiva. As operações do Polo Automotivo Jeep geraram condições para a criação de condomínios industriais, logísticos, comerciais e de serviços na região. Dois parques de fornecedores externos, que serão instalados em um raio de até 20 quilômetros do Polo, já atraíram 18 empresas que integram a cadeia automotiva. Cada uma delas negociará diretamente com os empreendedores dos condomínios, buscando as melhores condições para seu negócio.

Alguns números do Polo Automotivo Jeep:

:: 2,8 mil profissionais Jeep;

:: 4,3 mil no Parque de Fornecedores;

:: 8 mil trabalhadores em todo o Polo (incluindo funcionários das empresas prestadoras de serviço);

:: 84 mil veículos produzidos entre fevereiro de 2015 e a primeira quinzena de abril de 2016;

:: 45 carros por hora;

:: 80% de conteúdo nacional, sendo 40% das empresas que compõem o Parque de Fornecedores;

:: 700 robôs;

:: 28 anos é a média de idade dos gestores e líderes da fábrica Jeep;

:: 250 mil veículos é a capacidade anual de produção do Polo Automotivo Jeep;

:: 15 mil melhores práticas do Grupo FCA foram reunidas no Polo;

:: 260 mil metros quadrados de área construída na planta Jeep;

:: 270 mil metros quadrados de área construída no Parque de Fornecedores

#FCA

Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !