• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Carregado de expectativas para a marca, foi apresentado o Fiat Toro


O evento que marcou a apresentação do novo modelo da marca, foi marcado pela esperança, disfarçada de otimismo, pela tentativa de reforçar a posição da Fiat e do grupo FCA no momento turbulento do país e do mercado automobilístico, e quando praticamente todas as marcas amargam sucessivos resultados negativos. Foi neste cenário que a Fiat apresentou sua brisa de esperança para o ano de 2016, e através de um produto que faz parte de um novo filão comercial, segmento que recentemente teve a chegada por antecipação do novo modelo da casa francesa Renault, o Duster Oroch.

Um carro que marca o próximo ciclo de desenvolvimento da FCA no Brasil e na América Latina. Foi assim que o presidente da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) para a América Latina, Stefan Ketter, definiu o Fiat Toro, apresentado oficialmente ao público nesta segunda-feira (15/02). “Esta noite é carregada de simbolismos. Estamos apresentando o Fiat Toro, que representa o pensamento e as atitudes da FCA. A ousadia se soma à excelência, eficiência, qualidade e, principalmente, à criatividade para gerar obras novas, inusitadas, instigantes”, ressaltou Ketter.

Carlos E

Para chegar a esse resultado, as equipes de Engenharia, Produto e Qualidade da FCA buscaram soluções avançadas para equipar o Toro, algumas delas exclusivas do carro. “Um dos pedidos que os clientes nos fizeram, por exemplo, era de um carro que fosse extensão de suas casas. Trabalhamos com o conceito de uma casa moderna, conectada e integrada, oferecendo um produto completo”, resume.

Ketter afirma que o Toro é um carro emblemático para a FCA e especialmente para a Fiat. “Este puro-sangue nasceu como desejo difuso na mente dos consumidores, ganhou contornos em nossos pensamentos e se materializou em nossa linha de montagem. Por isso, mais do que um carro, ele é o símbolo do que podemos fazer agora e no futuro”, afirmou.

Ele destacou o momento especial pelo qual a FCA passa em todo o mundo, caracterizado por transformações muito positivas. O grupo avança fortemente no mercado norte-americano; continua reforçando a eficiência e qualidade nas quatro regiões em que opera; está ampliando a integração entre diversas áreas de projetos globalmente; e vem apresentando produtos inovadores.

“Aqui, no Brasil e na América Latina, temos os nossos desafios, especialmente pelo tamanho, importância e condição estratégica do nosso país. E ainda temos a grande importância da marca Fiat no Brasil e o ressurgimento da marca Jeep. Apesar das dificuldades transitórias, o Brasil e a América Latina são players muito relevantes na economia mundial. E são mercados essenciais para a estratégia global da FCA”, completou o presidente da FCA para América Latina.


Com quase 40 anos de atuação no Brasil, a FCA é uma empresa que conhece muito bem o país e seus consumidores, produzindo com alto índice de nacionalização das partes e componentes de seus veículos. Ketter reforçou o compromisso de longo prazo do grupo com o país e destacou os investimentos que vêm sendo realizados, como o Polo Automotivo Jeep de Pernambuco, inaugurado no ano passado, e a modernização da Fábrica da Fiat em Betim (MG). “Queremos participar do desenvolvimento do Brasil e, para isso, vamos continuar investindo”, afirmou.

O Toro é um bom exemplo desse compromisso com o país. Desenvolvido no Brasil, por profissionais locais, e fabricado no Polo Automotivo Jeep, a planta mais moderna do grupo FCA no mundo, esse modelo alcança os mais elevados níveis de qualidade e colabora para a criação de inteligência automotiva nacional, fortalecendo a atuação da empresa não só na região, mas globalmente.

Os planos da empresa para a América Latina preveem uma maior integração com a Argentina e outros países da região para aproveitar as oportunidades de negócios e estimular as exportações a partir do Brasil. “Precisamos ter coragem para enfrentar os desafios do presente e nos preparar para a retomada do crescimento. Nós acreditamos no Brasil”, acrescentou.

Imagens: FCA Press

#FIAT #FIATFCA #FCA #FIATTORO

Laja Revista Publiracing