• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Carlos Pastoriza mostra preocupação com aumento de alíquotas do imposto do aço para o setor de bens


Com o principal objetivo de alertar e esclarecer o ministro do Desenvolvimento, da Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, sobre os riscos representados por um eventual aumento da alíquota do aço para a indústria de máquinas e equipamentos, a ABIMAQ - Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos enviou uma carta ao Ministério consignando enorme preocupação diante da notícia veiculada em 18/11/15, na Folha de São Paulo, de que o MDIC avaliaria elevar a alíquota do Imposto de Importação de aços.

“Se procedente a notícia – enfatizou Carlos Pastoriza – presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ - será mais um duro golpe, e talvez fatal, na já combalida competitividade da indústria de transformação, que se utiliza do aço para a produção de seus produtos. Com efeito, basta ver a queda vertiginosa na produção de máquinas, automóveis, caminhões e de tantos outros segmentos que se utilizam do aço. No caso específico da indústria de máquinas, a queda acumulada de faturamento, de janeiro de 2012 até outubro de 2015, já é da ordem de 30%, uma queda sem precedentes, que já provocou a demissão de mais de 60 mil trabalhadores”.

Para a ABIMAQ, a elevação de alíquota também irá totalmente na contramão do que fazem as economias desenvolvidas e industrializadas, onde a alíquota do Imposto de Importação é escalonada, sendo que as matérias primas sempre possuem alíquota inferior as dos produtos de maior valor agregado, exatamente para dar competitividade às indústrias que agregam maior valor e geram maior desenvolvimento tecnológico”.

Pastoriza argumenta ainda que em recente audiência realizada com o MDIC, o ministro externou o desejo de tornar os custos das matérias primas internacionalmente competitivas. “Neste contexto – concluiu - é que vimos apelar ao espírito desenvolvimentista do ministro Armando Monteiro no sentido de envidar todos os esforços para que este grande equívoco não venha a ser cometido, pois estamos convictos de que a indústria de transformação dificilmente suportará mais este duro golpe”.

Foto: Divulgação

#ABIMAQ

Laja Revista Publiracing
Reserve seu espaço